Em Perus cada um puxa a sardinha para sua brasa

Cada um puxa a sardinha para sua brasa!

Em um jornal que está circulando em Perus o Subprefeito, Ary Fossen (ex prefeito de Jundiaí ) responde a perguntas de "lideranças" e "moradores" do bairro, até ai tudo bem, nem entro no mérito dessas pessoas serem "lideranças", o problema são as perguntas, as mais estapafurdias possivéis, quase surreal e fora da realidade do nosso bairro.


Olhem só apenas duas das varias perguntas:

Gostaria de Saber quando vamos ter o prolongamento da Praça Mogeiro até o Lixão?
Qual a difildade para volta das câmaras distritais que resolveria muitos dos problemas cotidianos, pois envolve todos os setores da subprefeitura?


A resposta é aquele bla, bla, bla de político, mas o que vem ao caso é essas pessoas não pergutarem sobre enchente, abandono das praças, cães nas ruas e a degradação do bairro, elas apenas vêem seus problemas e não o Bairro como um todo.

Cada povo tem o governante que merece, olha só o Subprefeito de Perus:


Processo de cassação de Ary Fossen ganha força

Apesar do juiz eleitoral de Jundiaí ter reconhecido que houve de fato, irregularidades durante a campanha do Sr. Ary Fossen, (funcionários da prefeitura durante o espediente de trabalho terem sidos flagrados executando serviços para a campanha) ainda assim ele julgou que isso não afetou o resultado das eleições arquivando então o processo.
Mas representantes da coligação mais e melhor para Jundiai, liderada pelo PT, decidiram recorrer da decisão. E ontem o TRE acabou anulando a decisão do juiz de Jundiaí, determinando que se dê andamento no processo, ouvindo todas as testemunhas e que se dê outra decisão.
Com essa decisão, haverá muita dor de cabeça por parte do prefeito eleito o Sr.Ary Fossen, e claro, sua assessoria.
Que a justiça seja feita!
Fonte: Quero um Jundiaí Melhor


Tem mais..

A máfia do PSDB já está sugando Jundiaí há 20 anos através dos nomes de André Benassi, Miguel Haddad e o 'pinguim mandado' Ary Fossen. A cidade está sendo saqueada e loteada sem escrúpulo algum.

A Imprensa (Jornal de Jundiaí e Jornal da Cidade) recebe dinheiro diretamente da prefeitura como parte da verba de mídia. A diocese apóia abertamente os candidatos e permite ações políticas dentro de templos religiosos. Mas isso é só a ponta do iceberg... por trás de tudo isso, está uma rede de influências que reúne juízes parentes e afilhados, a OAB-Jundiaí e outros que ocupam cargos públicos e não atuam pelo bem da sociedade, mas por seu próprio. Uma campanha dessa máfia está tentando tirar um dos únicos juízes completamente honestos da cidade, o dr. Marco Aurélio Stradiotto, que foi o juiz que bateu o martelo e cassou a candidatura à prefeitura de Miguel Haddad nas eleições deste ano.

Uma cidade tão próxima da capital econômica do país que ainda vive sob coronelismo abertamente. Uma pena, realmente. Tudo leva a crer que, caso não consigam derrubar o juiz Marco Aurélio pela força, a cassação seja confirmada e Jundiaí tenha uma nova eleição.

Desabafo Brasil


Paulo R. Laquila (Não sou liderança, mas sou Morador do Bairro) via e-mail




Adicione aos Favoritos: Adicionar ao Blogblogs Adicionar ao Rec6 Adicionar ao Linkk Adicionar ao Technorati Adicionar ao Delicious Adicionar ao Google Adicionar ao Yahoo

Facebook Twitter
Twitter

1 comentários:

  Carlinhos

14 de julho de 2009 12:10

Esse Jornal deve ser da Prefeitura, esses caras ai das perguntas tem o rabo preso, um é dono de escola de Samba, o outro é comerciante e o outro... PIADA!