Serra fora da lei - Perus separado por um pedágio

Neste último sábado foi realizado o protesto pelas pastorais sociais, trabalhadores ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra e moradores do bairro de Perus contra o pedágio do quilômetro 22 da rodovia Anhanguera. A manifestação exigiu a extinção da praça de pedágio, ilegal por estar dentro do raio de 35 quilômetros do marco zero da capital, na Praça da Sé, o deputado estadual do PSOL , Raul Marcelo, participou da mifestação.

Os deputados Ivan Valente (federal) e Carlos Giannazi (estadual) também participaram da manifestação, que teve início no quilômetro 26 da rodovia. As cerca de 500 pessoas presentes caminharam por quatro quilômetros, até a praça de pedágio, onde foi realizada a manifestação.

[Fonte]



Adicione aos Favoritos: Adicionar ao Blogblogs Adicionar ao Rec6 Adicionar ao Linkk Adicionar ao Technorati Adicionar ao Delicious Adicionar ao Google Adicionar ao Yahoo

Facebook Twitter
Twitter

1 comentários:

  Roberta Pardo Mendes

31 de janeiro de 2010 19:05

é uma vergonha o que se passa com perus e anhanguera, meu bairro chacara mª trindade, é separado do resto da cidade de sp por causa desse maldito pedágio, e não podemos nos esquecer que serra candidato prometeu tirar o pedágio daqui!!!!ATÉ QUANDO ESPERAR??????